Terror pessoal: medo extremo de assaltos

Quem convive mais próximo comigo sabe que vez por outra eu sou assaltado. Não que eu dê bandeira ou algo assim. Apenas acontece às vezes de estarmos no lugar errado na hora errada, perto de um sujeito mal intencionado.

Cada dia ficam mais especializados
Pois bem. Acho que dentre as pessoas que eu conheço, acho que eu sou o cara que esteve mais vezes em condições de risco, mesmo sem dar tanta bobeira assim. Ao menos que me falhe a memória, eu já fui assaltado umas 6 vezes nestes quase 4 anos que moro em Recife (caramba, já fazem 4 anos!).

Mas o principal do que quero falar não são dos assaltos, e sim do que isso me causou.


Fui tantas vezes assaltado que passei (a partir do 3º, eu acho) a tentar traçar o perfil de assaltantes pra poder reconhecer um na rua e sair rapidamente pra não conseguir um novo high score. Mas depois de muito pensar, cheguei à conclusão de que não há um perfil de assaltante. E isso foi o início do meu terror.

Como não consegui chegar a um perfil pra facilitar identificar um ao bater o olho, qualquer pessoa na rua se torna um assaltante em potencial, perante meus olhos traumatizados por 6 hits. E isso aumenta sempre que estou portando algum objeto com certo valor, às vezes mesmo valor sentimental.

Isso é quase uma tortura diária. Passar por flanelinhas, gente mal-encarada e gente que faz baderna é quase obrigatório quando você mora em Recife e precisa de ônibus ou andar a pé. E ficar observando o movimento de cada um para poder se livrar em caso de alguém se aproximar de forma estranha deixa tenso e cansa.

Já pensei uma vez em ir a um psicólogo, mas acho isso desnecessário.

Mas existe um lado bom nisso tudo.
Desconfiar de tudo? Nem sempre é legal, mas funciona

Por conta da constante vigilância sobre quem está ao redor, eu tento mimetizar "o cara com quem você não quer mexer" quando alguém estranho se aproxima, e protejo bem meus bens. Isso me fez estabelecer um novo record: estou há um ano sem ser assaltado! uhulll!

Bem, se deixar vou ficar falando pra caramba aqui e não vou fazer mais nada.

Bem vindos ao novo formato (e nome) do blog, espero que gostem.

Mas eu gosto muito de interagir, então me diz aí, qual a sua história em casos de risco de ser assaltado? Conseguiu se livrar? Tem alguma experiência que quer compartilhar? Joga tua palavra nos comentários que a gente conversa!

Até mais!

Crédito das imagens:
http://gartic.uol.com.br/peido_alemao/desenho-livre/assalto
http://aguinaldo-contramare.blogspot.com.br/2011/12/manual-do-estilo-desconfiado.html#.UbFUQdh2xdh

Nenhum comentário:

Postar um comentário